Pentecostes: Matriz de Sant’Ana recebe paróquias para Vigília em noite fria de junho.

A tradição da igreja diz que a Vigília de Pentecostes é uma das mais especiais celebrações. Como na Vigília pascal, administrava-se o batismo, unido à crisma. Se a noite pascal dava mais ensejo para acentuar o batismo (morrer e ressuscitar com Cristo), o tema pentecostal refere-se, antes, ao dom do Espírito, relacionado com a crisma. Por isso, a Vigília é vivíssima oportunidade ideal para a crisma ou, pelo menos, para um retiro dos jovens que conscientemente vão assumir a vida no Espírito Santo.

Por isso, para levar aos cristãos uma profunda experiência do Espirito Santo na vida e caminhada como Filhos de Deus, aconteceu neste último sábado, 03, na Matriz de Sant’Ana a Solene Missa de Vigília de Pentecostes. Cinquenta dias após a solenidade da Páscoa de Nosso Senhor Jesus Cristo, centenas de paroquianos das paróquias de Lavras e região se reuniram em clima de oração e unidade, para bem celebrar esta festa Litúrgica.

Organizado pelo setor da Juventude da Forania de Sant’Ana, o evento também contou com a participação de vários membros de Pastorais, Movimentos, Associações, Religiosos e Seminaristas, além do clero da Forania. Toda a produção desta celebração foi preparada com muito carinho e apreço. Afinal, o Pentecostes é uma data muito especial para os católicos de todo o mundo, pois marca 50 dias após a Páscoa, com a descida do Espirito Santo aos discípulos.

A celebração foi presidida pelo Padre Adriano Tércio, pároco da Paróquia de São Sebastião de Ingaí, que conduziu com fervor a celebração. A homilia foi proferida pelo Padre Aurélio Pereira, Diretor da Fazenda Senhor Jesus (Fazendinha do Padre Israel). Ambos, durante a celebração destacaram com ênfase que a presença do Espirito Santo é que conduz a vida da Igreja. Sem Ele, nossa fé não seria a mesma.

Ao final da celebração, foram dados os agradecimentos. Padre Clayton Nogueira, pároco da Paróquia de Nossa Senhora de Fátima (Lavras) e Assessor da Juventude agradeceu a todos os envolvidos na festa e pela disposição na ajuda pela celebração, além de reforçar a escala da Vigília. Padre Adriano parabenizou Padre Clayton pelo trabalho e agradeceu a Paróquia Sant’Ana pelo acolhimento. Logo após a celebração, deu-se início a Vigília, que se encerrou as 7 da manhã do domingo. No lado externo da igreja Matriz aconteceu a venda de cachorro quente até a meia noite para cobrir as despesas deste momento forte da unidade entre as paróquias forâneas.

 

Acompanhe o que aconteceu de melhor nesta celebração. As fotos estão em nossa página no Facebook.

 

Posted by Paróquia SantAna de Lavras on Saturday, June 3, 2017

Post Author: Cláudio Elias

Lavrense, 29 anos. Membro da Pastoral da Comunicação da Paróquia Sant'Ana de Lavras desde março de 2016. Cursa Administração de Empresas pelo Centro Universitário de Lavras - UNILAVRAS.